FEIRA CULTURAL DE CEILÂNDIA

A Feira Cultural de Ceilândia tem a proposta de se firmar como um evento anual e impulsionador da formação de público, criando um espaço de forte interação entre público e artistas expoentes da periferia. Se destaca como uma grande feira que valoriza a economia criativa e a diversidade artística e cultural ceilandense e nacional, reunindo artistas e brincantes da música regional, MPB, poesia, repente, hip-hop, rock’n roll, palhaçaria, teatro de bonecos e outras manifestações da cultura popular. Após três anos sendo realizada em diferentes espaços públicos da cidade, a partir de 2018, a Feira ocupa a Casa do Cantador, nosso tradicional Palácio da Poesia.

 

CEILÂNDIA E A CASA DO CANTADOR

Ceilândia tem a maior população urbana do Distrito Federal. São quase 490 mil habitantes, segundo a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (PDAD), realizada em 2015. É também uma das Regiões Administrativas mais atuantes no campo cultural e uma das cidades que mais têm moradores nordestinos fora do Nordeste. Não à toa, é lá que está a Casa do Cantador do Brasil, único monumento de Oscar Niemeyer construído em uma cidade satélite fora do Plano Piloto. Na Casa do Cantador, poetas repentistas, cordelistas e violeiros do Nordeste e do Brasil se encontram, são acolhidos e fazem suas cantorias. Ceilândia é assim, um celeiro de várias expressões culturais, berço de grandes artistas.

 

HISTÓRICO

Idealizada pela ArteCei, a primeira edição da Feira Cultural de Ceilândia aconteceu em 2012, com a participação de inúmeros parceiros da música e da cultura popular que movimentam a cidade, junto a barraquinhas de comidas típicas, artesanato e exposições. O evento foi um sucesso e a união dos parceiros deu força para a segunda edição, em 2013. Cinco anos depois, no início de 2018, as articulações para construir a Feira de forma permanente ganham corpo com a realização da 3ª edição, que ocupou, durante três dias, a Praça do Cidadão, a Praça do Trabalhador e a Casa do Cantador, consagrando o evento na cidade.

Entrada Franca
Classificação Livre

 

4ª EDIÇÃO – AGOSTO E SETEMBRO DE 2018

 

18/08/2018

Casa do Cantador do Brasil – QNM 32 Área Especial, Ceilândia Sul

12h30: Margô Oliveira e Nice Santos – Poesia e MPB
13h20: André Freitas e Adriano – Sertanejo
14h10: Chico de Assis e João Santana – Repente
15h00: Rejane Pitanga – MPB
15h50: Lília Diniz – Poesia Popular
16h40: Beto Amazonas
17h30: Mamulengo Fuzuê – Teatro de Bonecos
18h20: Paraibola – Forró
19h10: Fuzuê Candango – Música Regional
20h00: Marcelo Café – Samba
20h50: Caco de Cuia – Forró Pé de Serra
21h40: Viela 17 – Rap
22h30: Banda Elffus – Rock

01/09/2018

Casa do Cantador do Brasil – QNM 32 Área Especial, Ceilândia Sul

12h30: Marília Abreu – Palhaça Felomena
13h20: Cumpadi Ancelmo – Poesia Matuta
14h10: Humberto Fernandes – Música Regional
15h00: Chico de Assis e João Santana – Repente
15h50: Mamulengo Fuzuê – Teatro de Bonecos
16h40: Som de Classe – Música Regional
17h30: Lília Diniz – Poesia Popular
18h20: Marcelo Café – Samba
19h10: Fuzuê Candango – Música Regional
20h00: GOG – Rap
20h50: Caco de Cuia – Forró Pé de Serra
21h40: Paulo Araújo – Música Regional
22h30: Zeca Baleiro e Trio Furazóio – Show Forró do Safadinho